Comendador Fabrício Santos: ‘Manhuaçu realiza ações de educação patrimonial na 8ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais – IEPHA/MG

09/09/2021 11:04

De 23 a 27 de agosto de 2021 – COMPAC e Secretaria de Cultura ministram palestras com a temática ‘Caminhos do Patrimônio’ e distribuem cartilhas nas escolas

Coluna Resenha Cultural Fabrício Santos

Manhuaçu realiza ações de educação patrimonial na 8ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais – IEPHA/MG.

O município de Manhuaçu, inscrito na 8ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais (IEPHA/MG), trabalhou com atividades e ações de educação patrimonial durante o período de 23/08/21 à 27/08/21, através do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural COMPAC em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, onde, na oportunidade, ministrou palestras com o tema ‘Caminhos do Patrimônio’ e distribuiu as Cartilhas educativas de difusão do patrimônio cultural em três escolas particulares do município cadastradas no programa: Colégio América, Escola do Futuro e Centro Educacional de Manhuaçu-CEM, nas turmas do Ensino Fundamental 1 e 2.

O Presidente do Conselho COMPAC, Fabrício Souza Santos, que também exerce a função de Diretor Municipal do Patrimônio Cultural de Manhuaçu, foi o palestrante responsável em promover entre os alunos das escolas visitadas reflexões sobre a trajetória das políticas públicas do patrimônio cultural, explicar sobre os bens tombados e inventariados da cartilha, além de abordar os temas: novos patrimônios e novas tecnologias e lugares de memória.

As atividades presenciais foram desenvolvidas inicialmente nas escolas particulares, pois já estavam funcionando com todos os protocolos sanitários em prevenção à covid-19 adotados pelo município por conta da pandemia. A previsão para trabalhar as ações de educação patrimonial e início da distribuição das Cartilhas nas Escolas públicas Municipais e Estaduais, serão a partir do mês de novembro de 2021. O Secretário Municipal de Cultura e Turismo Silvério Afonso Júnior irá implementar através da Secretaria e com o apoio da Prefeita Maria Imaculada Dutra Dornelas e do Conselho COMPAC, a partir de 2022, um projeto de educação do patrimônio cultural do município “ Novos olhares e novos patrimônios”, onde serão desenvolvidas ações em parceria com as escolas públicas e particulares cadastradas ao programa. A ação visa desde o desenvolvimento de concursos escolares do novo “mascote” para a nova cartilha do patrimônio, bem como, promover um tour pela cidade onde os alunos registrarão com os celulares os patrimônios aos quais lhe possuem conhecimento e afeto, e produzirão redações de salvaguarda dos bens escolhidos, onde as três melhores redações premiadas, serão publicadas na nova cartilha do patrimônio cultural em 2022.

Através da Lei municipal  nº 3.895 de 07 de novembro de 2018 que “Institui e inclui no calendário de eventos e festas do município a ‘Semana Municipal de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural de Manhuaçu”, tendo o dia 17 de agosto ( Dia Nacional do Patrimônio Histórico) como a data oficial para culminar essas ações da semana cultural, que vão desde a realização de exposições, feiras, festivais, apresentações artísticas, palestras nas escolas, encontros de grupos e culturas populares (rodas de capoeira e  folia de reis existentes no município), além de visitas guiadas, publicações das cartilhas do patrimônios e as atividades previstas no projeto de Educação do Patrimônio Cultural de Manhuaçu.

Por Fabrício Santos – Presidente do COMPAC e Diretor Municipal do Patrimônio Cultural de Manhuaçu/MG.

Matéria publicada originariamente na Coluna Resenha Cultural Fabrício Santos, do Portal Zona da Mata News, em 09/09/2021, às 08h48.

Matéria enviada pelo Correspondente Comendador Fabrício Santos, de Manhuaçu/MG.