Claudia Lundgren: ‘Novamente Outono’

22/03/2021 15:54

Claudia Lundgren

Novamente outono

Folhas ressequidas tremulando;

um ano se passou, novamente outono.

Os galhos ainda mais secos,

Solitários.

Imaginei durar poucos meses;

isolamento temporário.

 

Um tapete amarelo no chão,

tão frágil, se desfez com o vento.

Já não vejo a copa das árvores;

me falta o ar.

Foi-se o verde do parque;

oxigênio a minguar.

 

Novamente, o banco vazio.

Linguagem figurada, verdades metafóricas.

Distanciados em mais uma estação,

pandêmico cenário.

O céu azul ameniza a triste solidão

do distanciamento necessário.

 

Claudia Lundgren

tiaclaudia05@hotmail.com

Tags: