Cia. Truks faz circulação gratuita por escolas e CEUs, em São Paulo e no interior paulista.

14/11/2021 01:00
link para download de fotos – crédito Alberto Rocha

 O espetáculo de animação apresenta dois singelos catadores de lixo que são dois surpreendentes poetas. Sem que digam uma única palavra, constroem em cena incríveis criaturas, belos cenários, e situações que misturam humor, beleza e, sobretudo, poesia

Inspirado na chamada “A Grande Ilha de Lixo do Pacífico” – um gigantesco acúmulo de lixo que se juntou no meio do oceano devido às correntes marítimas, e que não para de crescer, Expedição Pacífico trata de modo sensível e poético o tema urgente e necessário, material reciclado. A Cia Truks direcionou sua pesquisa para as lonas e sacolas plásticas como matéria-prima para a construção de bonecos e cenários, e descobriu o imenso potencial deste material na construção de uma instigante poesia visual.

“Enxergamos na ilha uma possibilidade de diálogo com a realidade que vivemos em nossas grandes cidades: nelas também produzimos e acumulamos ilhas de lixo que não damos conta de abater. Para isso, precisamos dos heróis reais que insistimos em tornar invisíveis – os catadores de lixo.” comenta Henrique Sitchin.

A Circulação do espetáculo infantil “ Expedição Pacífico” realizado pela Cia. Truks de teatro, para crianças de 5 a 12 anos de idade, faz 34 apresentações distribuídas nas cidades de São Paulo, Campinas, Suzano, Monte Aprazível e Lins, de 11 a 26 de novembro.

Na peça, os catadores são dois poetas… Que de forma singela, “lutam” contra o lixo, transformando-o em verdadeira poesia visual. Utilizam-se de toda a sorte de detritos plásticos, majoritariamente sacolas de lixo, para construir um universo extremamente lúdico e poético. Com sua carroça, são capazes de “viajar até o Pacífico” e, em seu sonho, contribuir para o fim da Grande Ilha nefasta que nossa humanidade insiste em aumentar a cada dia.

“O espetáculo fala não só sobre o lixo que é descartável, mas também do ser humano descartável. “De fato, enxergamos hoje no mundo uma “descartabilidade” das coisas e dos seres humanos, um mundo em que o “diferente” não é bem-vindo, em que o pensamento contrário não tem vez (e vira lixo…), em que o diálogo não existe. Em oposição a tudo isso, “EXPEDIÇÃO PACÍFICO” conta a história de dois seres ignorados pela sociedade, descartados e invisíveis, que têm, no entanto, a capacidade de reciclar o descartável em sonho.”, completa o diretor.

Cia Truks -um pouco sobre a trajetória da pesquisa 

A Cia. Truks é formada por artistas em constantes e incessantes processos de produção, pesquisas e anseios artísticos. Esta marca está, se assim podemos dizer, no “DNA” da Cia. Foi assim que o grupo nasceu, em 1990. Já trabalhadores do teatro de bonecos dito tradicional, queriam, então, promover o “novo” (nem pior, nem melhor, apenas diferente…). Trouxeram para São Paulo, pela primeira vez, bonecos inspirados na técnica japonesa do BUNRAKU, através do espetáculo “A BRUXINHA”, que segue no repertório até hoje. Ali apresentavam bonecos animados simultaneamente por três atores, que ficavam totalmente à vista do público. O resultado era um misto de estranhamento – aqui só se conhecia o teatro de bonecos com atores ocultos por empanadas – e encantamento – agora era possível ver a bonita ação humana sobre os títeres…

A despeito de tantas outras leituras possíveis daquele momento, e do que resultou dele (após tornar-se referência a tantos grupos pelo país), a Cia. trazia o novo. Não foi diferente, pouco mais de uma década depois, quando criaram “ZOO-ILÓGICO”, espetáculo premiado, justamente, pela inovação de linguagem. No momento em que a Cia. Truks mais se refinava na animação dos bonecos, tais como a própria Bruxinha, e alguns outros personagens de espetáculos sequentes, eis que colocam em cena, no lugar deles, simples coisas: canecas, panos de pratos, um bule de café, colheres e afins. Mais uma vez o público se encantou, pela criatividade das cenas, e pelas possibilidades poéticas reveladas em coisas tão simples.

Recentemente, portanto, após realizarem uma bem sucedida trilogia (com os espetáculos SONHATÓRIO, CONSTRUTÓRIO e ACAMPATÓRIO), em que pesquisaram a fundo o universo do Teatro de Objetos para crianças – e ali entenderam haver esgotado as possibilidades de novidades neste campo – passam a olhar para outros tipos de materiais, a fim de, quem sabe, conseguir criar mais uma obra de relevância no cenário teatral da cidade; além, é claro, de aprofundarmos a pesquisa.

Foi assim que a Truks voltou para as lonas e sacolas plásticas, matéria-prima que, cada vez mais, descobriu ser riquíssima para a construção de bonecos, cenários e, enfim, capaz de construir uma instigante poesia visual.

Sinopse

Dois criativos catadores de lixo são capazes de construir, de quase nada – apenas sacolas e lonas plásticas, um mundo fantástico, de diversão, bom humor e muitos sonhos. Na medida em que recolhem o lixo da grande cidade, o transformam em verdadeira poesia visual, criando belíssimas imagens, divertidas criaturas e incríveis cenários para onde são capazes de viajar, e onde viverão as suas pequenas aventuras e brincadeiras: o polo norte, o meio do oceano, uma grande floresta e, por fim, é claro, chegarão até a grande Ilha de Lixo do Pacífico.

 

SERVIÇO:

          São Paulo 

Dias 11 e 12/2021 (8 apresentações)

Horários:  8h30 | 10h30 | 13h30  | 15h30

  1. E. Ermano Marchetti
  2. Pedro Marigliani, 192 – Chácara Inglesa, São Paulo – SP, 05141-010

Campinas 

Dia 16/11 (4 apresentações)

Horários: 8h00 | 10h | 14h | 16h  

EMEF/EJA Profª Odila Maia Rocha Brito

  1. Juvenal de Oliveira, s/n – Jardim São Domingos, Campinas – SP

Campinas

Dia 17/11/2021 (4 apresentações)

Horários: 8h30 | 10h30 | 13h30  | 15h30    

EMEF/EJA Presidente Floriano Peixoto

  1. Praia do Perequê, 100 – Vila o Maia, Campinas – SP, 13100-677

Monte Aprazível

Dia 18/11 (4 apresentações)

Horários: 8h | 9h30 | 14h | 15h30

Local: Centro Cultural “Ana Maria Ceneviva Berardo”

  1. Tiradentes, 1124 – Monte Aprazível, SP, 15150-000

Lins

Dia 19/11 (4 apresentações)

Horários: 8h | 10h | 13h | 15h

Local:  Prof. Jorge Americano

Av. Duque de Caxias, 824 – Centro, Lins – SP, 16400-115

 

Suzano

Dia 24/11/2021 (4 apresentações)

Horários: 8h30 | 10h30 | 13h30  | 15h30    

EM Adelia de Lima Franco

Rua Benedito de Lima Franco, 305, Jardim Amazonas, 08625-390

 

Suzano

Dia 25/11/2021 (4 apresentações)

Horários: 8h30 | 10h30 | 13h30  | 15h30    

EM Professor Ruy Ferreira Guimarães

Rua Antônio Celso Borges, 25 – Jardim São Bernardino

 

São Paulo  (COM INTÉRPRETE DE LIBRAS)

Dia 26/11/2021 (2 apresentações)

Horários:  10h | 14h

CEU São Rafael

Cinira Polônio, 100 – Conj. Promorar Rio Claro, São Paulo – SP, 08395-320

GRATUITO

Duração do espetáculo: 45 minutos

 

FICHA TÉCNICA:

Autor e Diretor: Henrique Sitchin

 Direção de Produção: MCD Produções

Atores: Gabriel Sitchin e Rogério Uchoas

Operador de Som e Luz: Bianca Muniz

Produção Executiva: Adryela Rodrigues

Produtor de Campo: Cadu Ruocco

Cenário e Figurino: Cia Truks

Produção Geral: MCD Produções, Truks

Produção Executiva: Adryela Rodrigues | Sendero Cultural

Patrocinadores: Apresenta: Bau Minas / Patrocínio: Tirolez / Apoio: Tópico Locações / Apoio : Incentiv.me / Apoio : Solução Gestão de Negócios e Cultura

Teaser: https://www.youtube.com/watch?v=r5Skpl9meBU

Tags: