Celso Ricardo de Almeida: ‘Sonho de um Poeta’

08/02/2021 16:53

Celso Ricardo de Almeida

Sonho de um Poeta

Como gostaria que meus versos
Alguém recitasse.
E o meu poema
Em epitáfio se tornasse
E da boca de um grande orador,
Uma enorme multidão escutasse.

 

Mas como pode isso acontecer?
Se o meu poema,
Nem tive coragem de escrever
Pois ainda esta na imaginação,
Aquilo que um dia,
Revolucionará a nação.

 

Mas por enquanto,
Tudo o que vejo
É o branco
Da folha do papel

Que espera calmamente,
A caneta que lhe desvirginará
E lhe transformará,
Em uma grande obra
Que a todos revolucionará.

 

Celso Ricardo de Almeida

celsoricardo-almeida@bol.com.br

 

 

Tags: