Celso Lungaretti: ‘Um maximiza o extermínio, outros dois estão dispostos a pisar em todos os cadáveres necessários para se elegerem’

06/04/2021 13:15

Celso Lungaretti

Tão obcecados quanto o Bolsonaro pela faixa presidencial, o Lula e o Ciro hoje agem como facilitadores do genocídio

Temos:
a) dois problemas gravíssimos (a pandemia e a depressão econômica), que exigem solução ainda em 2021, caso contrário este país explodirá;
b) um presidente provavelmente sem condições mentais para ocupar o cargo e certamente sem condições morais nem intelectuais para tanto, que passa o tempo todo agravando os problemas acima, de forma que sua remoção é condição sine qua non para começarmos a sair do buraco sem fundo em que nos metemos;
c) duas lideranças oposicionistas que, ao invés de cuidarem do absolutamente urgente e necessário neste momento dramático da nossa História, estão desde já em campanha para a eleição de outubro de 2022, na prática desviando a atenção daquela que deveria ser a única preocupação atual dos brasileiros conscientes e ajudando a perpetuar o genocida no cargo (ou seja, a única preocupação de ambos é de que seja até lá mantido um cenário favorável a suas ambições eleitorais, e que se danem todos os brasileiros que morrerem doravante por causa do governo catastrófico).
Precisarmos unir forças para salvar o Brasil hoje da destruição, caso contrário é capaz de nem haver eleição daqui a um ano e meio. E quem, como o Lula, vem há tempos fazendo tudo que pode para que o Bolsonaro continue sangrando no poder mas não seja dele afastado antes da eleição, cumpre, na prática, o papel de facilitador de genocídio.
Infelizmente, agora o Ciro o está secundando nessa faina de iludir o povo, à medida que também incute nos ingênuos a esperança de que a solução seja a eleição. Não é, de jeito nenhum.

 

 

 

 

Tags: