Célio Pezza: Crônica ‘Vaticano’

05/05/2019 16:37

Celio Pezza

 Crônica #400: ‘Vaticano’

 

Vaticano ou Cidade do Vaticano, oficialmente Estado da Cidade do Vaticano é a sede da Igreja Católica e um Estado dentro da cidade de Roma, capital da Itália. Com aproximadamente 44 hectares (0,44 km²) e com uma população estimada de 1000 habitantes, é o menor território do mundo, governado pelo bispo de Roma, ou seja, o Papa.

Estamos tão acostumados com o nome, que não pensamos em como o Vaticano recebeu esse nome, que não vem nem do latim nem do grego e também não existe nenhum registro bíblico.

Na verdade, o nome Vaticano antecede o cristianismo e está envolto em mistérios. Cerca de 3000 anos atrás, antes da lendária fundação de Roma, por Rômulo e Remo, havia um povo chamado de etrusco, que governava a região do Mediterrâneo, antes da ascensão de Roma.

Pelo que sabemos, no mundo etrusco, as mulheres tinham grande liberdade, diferente dos seus contemporâneos da civilização grega. Os etruscos não enterravam seus mortos dentro dos muros das suas cidades e construíram um grande cemitério em uma colina, na área que mais tarde se tornou  cidade de Roma. A guardiã desse imenso cemitério era a deusa Vatika, a guardiã do submundo, que tinha o dever de tomar conta daqueles que tinham falecido.

O nome Vatika era também o de uma uva muito amarga, que cresceu na encosta do cemitério e, quando as pessoas as comiam, tinham alucinações e a palavra passou para o latim como sinônimo de visão profética.

A palavra latina vaticinor significa predizer, profetizar, e, de acordo com um curador do Vaticano, a colina do Vaticano pode ter herdado o nome em razão dos antigos oráculos que existiram na região e pela deusa Vatika. Seja como for, uma coisa é certa, ou seja, a de que o nome da cidade vem da antiga língua etrusca.

No ano 40 d.C., o imperador Calígula iniciou a construção de um circo, mais tarde completado por Nero, o imperador louco. Foi nesse circo, segundo a tradição da igreja, que São Pedro foi executado, crucificado de cabeça para baixo. Mais tarde, este local tornou-se um centro de peregrinação dos antigos cristãos e o imperador Constantino fundou um santuário, conhecido pelos romanos como Colina Vaticana.

Um século depois de Constantino, os papas começaram a erguer nesse mesmo local o palácio papal, hoje com mais de 14 mil aposentos e sede da hierarquia político-religiosa de milhões de fiéis. Seja como for, o fato é que o nome Vaticano teve sua origem nos antigos etruscos e sua deusa da morte Vatika e que a cidade foi erguida em cima de um antigo cemitério etrusco e palco de terríveis acontecimentos durante o império romano.

 

Célio Pezza  –  abril, 2019

celiopezza@yahoo.com.br

Tags: