Carlos Cavalheiro participa de Coletânea de Poesia a ser lançada em Portugal

18/10/2019 10:03

A III Edição da Antologia Luiz Vaz de Camões e convidados será lançada pela Editora Mágico de Oz em Portugal, em dezembro deste ano

 

O escritor, historiador e poeta Carlos Carvalho Cavalheiro é um dos participantes da III Edição da Antologia Luiz Vaz de Camões e convidados, a ser lançada pela Editora Mágico de Oz em Portugal, em dezembro deste ano.

Carlos Cavalheiro participará com dois poemas de sua autoria: “Portugal” e “Saudade”.

Ambos poemas trazem referências ao lusitanismo. O autor, que é descendente de portugueses, quis fazer uma homenagem aos seus ancestrais. “Sobretudo pelo fato de o lançamento oficial ocorrer em Portugal, achei bastante oportuno trazer esses temas. Além disso, é uma forma de trabalhar as emoções e as reflexões do ser um descendente lusitano”, comenta o professor Carlos.

Em “Portugal”, o poeta diz: “A efígie que a natureza esculpiu como teu rosto /O gosto pela memória carrega eternamente. / Não mente quem canta o teu glorioso passado / O fado que deu voltas por todo o globo”.

No poema Saudade, Carlos relaciona o sentimento à criação dos portugueses: Saudade é o genocídio de todos os gostos e sabores. / É a amante concubina mancomunada com o Tempo. / Essa maldição que o sangue lusitano carrega, / Derramando o vinho nas cordas que entoam um fado. / Essa bendita invenção portuguesa de quem corre o mundo / Procurando se encontrar no olhar de quem não conhece”.

Carlos Carvalho Cavalheiro é Mestre em História e colaborador dos jornais ROL e Tribuna das Monções. Exerce a profissão de professor de História na rede pública municipal de Porto Feliz e reside em Sorocaba. Lançou em 2018, com co-autoria de Marcelo Carvalho Cavalheiro, o livro “Sorocaba Lusitana”, que traz a história da Sociedade Vasco da Gama e dos portugueses que colaboraram com a História de Sorocaba.

Acadêmico correspondente da FEBACLA (Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes) e Membro efetivo da Academia Independente de Letras. Em 2019 conquistou o 2º Lugar no 9º Concurso de Microcontos do 46º Festival do Humor de Piracicaba e o 1º Lugar no Desafio Histórico do CEHICAT – Centro de Estudos Históricos Caminhos das Tropas de Sorocaba.

Tags: