Arvelos Vieira, da Academia Cruzeirense de Letras – ACLA, presta homenagem ao editor do ROL Sergio Diniz da Costa, pela passagem de seu aniversário

09/03/2019 00:04

“Além de pertencer à Academia de Letras da sua cidade, é parceiro da nossa Academia Cruzeirense e editor do Jornal Cultural ROL, onde temos participação com nossos artigos, incentivado por ele.

“ACRÓSTICOS – A EMOÇÃO DE ESTAR CONTIGO”

O CANTINHO DO ACRÓSTICO, se apresenta nesta sexta-feira, 08 de março, em caráter especial, para homenagear um grande amigo, escritor e poeta, residente na cidade de Sorocaba/SP, que hoje, no “Dia Internacional da Mulher”, completa mais um ano de vida. Além de pertencer à Academia de Letras da sua cidade, é parceiro da nossa Academia Cruzeirense e editor do Jornal Cultural ROL, onde temos participação com nossos artigos, incentivado por ele. Com vocês,

SERGIO DINIZ DA COSTA

S urpreso, fico sabendo que seu aniversário,

É hoje, 8 de Março, data bastante especial,

R eceba, meu nobre amigo poeta literário,

G rande e afetuoso abraço fraternal!

I mportante e bem quisto no meio cultural,

O nde se destaca como poeta impecável,

 

 

D edicado parceiro tornaste amigo especial,

I ncontestável é a sua verve admirável!

N este DIA INTERNACIONAL DA MULHER,

I luminado com sua comemoração natalina,

Z elamos e desejamos paz e saúde onde estiver,

 

 

D eus está e estará sempre presente na sua vida!

A cadêmico de letras da Sorocaba paulista,

 

 

C oroado de êxito, és por demais admirado,

O rgulho ser amigo desse poeta idealista,

S eus escritos sempre corretos e sensatos,

T ransmitem paz e ideia de um especialista.

A migo, minha admiração por ti é de fato!

 

OBS.: Todos os acrósticos inseridos nessa sessão CANTINHO DO ACRÓSTICO, farão parte do nosso livro a ser lançado brevemente e que receberá como título:

ACRÓSTICOS – A EMOÇÃO DE ESTAR CONTIGO!

arvelosvieiraneto@gmail.com

 

Nota do homenageado:

Queridíssimo amigo e Irmão das Letras Arvelos Vieira!

O que seria da vida sem os amigos? Um deserto, certamente! Entretanto, ainda que a vida fosse um deserto, mesmo assim, os amigos seriam o refrescante oásis.

Alguns amigos teimam em me julgar uma pessoa iluminada. E eu, da minha parte, respondo que, se assim o sou, é porque convivo com pessoas iluminadas; iluminadas, feitas você, meu queridíssimo amigo!

Gratíssimo por sua amizade!

E um mega abraço de luz!

 

Tags: