‘Aretê’, uma luta contra o preconceito às mulheres que começa na Idade Média

15/04/2020 18:44

Escrita pela advogada Claudia Gonçalves, a obra apresenta sutilmente algumas verdades doloridas sobre a vida, da ambição à agressão

Manipulação, rancor, busca por poder e amor. Em meio a sentimentos ardilosos, uma feiticeira maligna busca por vingança e deseja destruir o reino Régis e, consequentemente, os herdeiros do rei Arágon. Determinada a corromper toda a paz que se instaurou nas terras Régis, a temível e misteriosa Feiticeira do Leste pretende devastar a alma e o coração dos príncipes Shur e Maia, tornando-os mais sórdidos do que já são.

Habituado na Idade Média, o romance Aretê, escrito pela advogada e Mestre em direito do trabalho, Claudia Gonçalves, narra a história da valente princesa Raquel, que com seu coração iluminado pelo Universo, luta com todas as forças para libertar o reino e seu povo das mãos do tirano Shur, seu irmão mais velho.

“Raquel era diferente dos irmãos, amava o povo de Régis, era querida por todos e odiada pelos irmãos, tinha em si a luz do Universo […]

– Raquel será difícil, tem consigo a virtude e o temor às leis do Universo. Não lhe poderia dissuadir, pois o Grande Mestre a protege. Onde o amor habita, o ódio não pode reinar. Terei que matá-la. – disse a Feiticeira do Leste.” (P. 26 e 27)

Mais do que um livro de contos de fadas, Aretê traz ensinamentos reais sobre a vida. Com uma escrita dinâmica e surpreendente, a autora consegue transmitir lições importantes sobre criação de estereótipos, alteridade, laços afetivos, luta por poder e questões delicadas como a agressão às mulheres.

Repleto de personagens envolventes e bem construídos, o livro é marcado por arquétipos, pela guerra e pelo amor, Aretê é a magia de se cumprir o próprio destino. Além disso, a obra cativa todos os seus leitores e os transportam para um mundo mágico, em que tudo é possível, principalmente quebrar barreiras estereotipadas que envolvem moças de todas as idades.

Ficha Técnica
Título: Aretê
Autora: Claudia Gonçalves
Gênero: Ficção e Aventura
Editora: 
Scortecci Editora
ISBN: 978-85-366-5729-5
Formato: 14 x 21 cm
Páginas: 140
Link de compra: Amazon

Sinopse: “Aretê” é o primeiro livro de uma trilogia. A história se passa na Idade Média. Com uma narrativa dinâmica, a trama nos conta a luta da princesa Raquel para libertar o reino de sua família das mãos do tirano Shur. Aretê é a magia de se cumprir com o próprio destino, é um romance de ficção repleto de personagens envolventes, como o duende Arquetu, a feiticeira Safira e o sacerdote Lúcius.

Sobre a autora: Claudia Gonçalves nasceu em São Paulo, é advogada, palestrante, poetisa, romancista e membro da União Brasileira dos Escritores. Iniciou sua obra literária aos 11 anos de idade. Seu primeiro livro, Meu ser no mundo, foi publicado em 1983. Outras obras vieram, como: Labirinto poético; Delírios poéticos de uma juventude enlouquecida – Antologia de Poesias; Impressões literárias – Antologia de Poesias, Contos e Crônicas – Aretê Romance fantástico de ficção.

Redes sociais:
Facebook – Claudiasimone.goncalves 
Instagram –  @claudiasimonegoncalves
Linkedin – Claudia Simone 
Site – www.claudia@claudiagoncalves.com

Para mais informações ou agendar entrevistas, entre em contato com a autora:
Claudia Simone Gonçalves | (11) 9.9422-2121
E-mail: claudia@claudiagoncalves.com

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: