Alunos de Botucatu (SP) conhecem o assentamento Bela Vista, em Iperó (SP)

12/10/2017 11:46

 Entre os dias 2 e 6 de outubro, cerca de 20 alunos da Aitiara – Escola Waldorf, de Botucatu, conheceram as atividades dos produtores do assentamento Bela Vista, em Iperó

 

Entre os dias 2 e 6 de outubro, cerca de 20 alunos da Aitiara – Escola Waldorf, de Botucatu, conheceram as atividades dos produtores do assentamento Bela Vista, em Iperó. A experiência foi possível por meio de uma parceria entre a UFSCar – campus Sorocaba, a Associação Biodinâmica de Botucatu e o Sítio Mãe Terra, do assentamento Bela Vista. A Prefeitura de Iperó, por meio da Secretaria do Meio Rural, Ambiente e Turismo (SERAT), também apoiou a iniciativa realizada no município.

O foco da visita foi o trabalho com a terra. O professor Fernando Silveira Franco, da disciplina de Agrofloresta, do curso de Engenharia Florestal, da UFSCar, explica que durante os anos de estudos, os alunos desenvolvem diversas atividades práticas, como cuidar de árvores, florestas, plantios e recuperação de áreas degradadas. “Trouxemos os estudantes ao assentamento para que, além dessas atividades, eles conhecessem de perto a realidade do local, com pessoas que trabalham bastante no dia-a-dia em suas propriedades. Essa vivência é muito importante e o aprendizado foi muito rico”, comentou.

Marinau Nunes de Araújo, que recebeu os alunos em sua propriedade, falou sobre a experiência. “A gente depende desse tipo de ajuda. Somos produtores orgânicos e os procedimentos no dia-a-dia são diferentes da produção tradicional. A UFSCar e a Escola Aitiara nos auxiliaram trazendo conhecimento e orientação. Foi muito positivo o resultado dessas atividades”, contou.

De acordo com a professora Érica Delgado, tutora dos alunos, desde pequenos eles são incentivados a terem essa relação próxima com a terra. “No décimo ano, equivalente ao primeiro ano do Ensino Médio, eles começam a ver isso de forma mais consciente. Esse trabalho é curricular em nossa escola e faz parte da disciplina de Agrossilvicultura. Foi a primeira vez que viemos a Iperó e fomos muito bem acolhidos no município. Agradecemos por todo o apoio”, disse.

O grupo deve retornar a Iperó para conhecer a Floresta Nacional de Ipanema.

Prefeitura Municipal de Iperó

Departamento de Comunicação e Relações Públicas

Acesso Rodovia Castello Branco, km 116

CNPJ 46.634.085/0001-60

Avenida Santa Cruz, 355 – Fone 15 3459-9999/3266-1321

CEP 18560-000 – IPERÓ – São Paulo

Tags: