Alcina Maria Silva Azevedo: ‘O vento e o tempo’

04/08/2021 20:35

Alcina Maria S. Azevedo

O vento e o tempo

O meu lamento caminha com o vento.

Levando o torpe deus da desventura.

– Traga-nos força através do tempo!

– Traga-nos luz e amizade pura!

 

Leve o meu pranto!

Leve a nossa dor!

Dai-nos coragem e um doce amor.

Leve as misérias desse povo forte!

Leve os tormentos e a própria morte!

Leve as desgraças e o desamor!

Não deixe mais ninguém morrer de dor.

 

O vento geme e se afasta com amargura.

Mas segue adentro, a levar no tempo toda a mensagem e todo o meu lamento!

E a voz do tempo responde em doce vida:

‘Terás os júbilos da missão cumprida!’.

É uma súplica a Deus, pedindo socorro ao mundo!

 

 Este poema ganhou o prêmio de publicação, em 1986, no V Concurso de Poesias Raimundo Correa.

 

Alcina Maria Silva Azevedo

alcinamarias@yahoo.com.br

 

Tags: