Alcina Maria Silva Azevedo: ‘Dois rios e um amor’

31/01/2021 04:13

Alcina Maria S. Azevedo

Dois rios e um amor

Somos como dois rios.
Que caminham paralelos
Cada um, em seu lugar
Dois rios tão iguais, que se nutrem do desejo
de um dia se encontrar em alto mar.
Somos rios! Somos águas!
Somos criações divinas! Que se entregam ao amor!
Um amor que foi guardado e muito desejado.
Somos rios! Somos águas! Tão iguais e passionais.
Desaguamos!
O mar nos acolheu.
O desejo explodiu em gozo!
Borbulhando em grandes ondas.
E o amor aconteceu!

Alcina Maria S. Azevedo

alcinamarias@yahoo.com.br

 

Para ouvir a poesia declamada pela própria autora, acesse:

https://mail.google.com/mail/u/0/?tab=rm&ogbl#inbox/FMfcgxwLsJzmHwZXrQrlnDSmzswKtFtC

 

 

 

 

 

Tags: