Alcina Maria Silva Azevedo: ‘Amor na velhice’

21/07/2020 13:13

Alcina Maria S. Azevedo

Amor na velhice

É gostoso, é muito bom !

Surge como uma pipoca

Que estoura de repente !

Desabrocha, se abre como uma flor,

E é saboreada com muito amor.

 

É um amanhecer de descobertas,

Que ambos mergulham e se entregam,

Como dois adolescentes. É um presente divino.

Que acorda todos os sentidos, e deixa confundido

o pobre coração.

 

Alcina Maria S. Azevedo

alcinamarias@yahoo.com.br

 

 

 

Tags: