Adriana Negrini tem poesia selecionada para a obra ‘100 Poetas Lusófonos Contemporâneos’

12/04/2019 16:03

Adriana Negrini

A colunista do ROL Adriana Negrini teve a poesia ‘Rio da Vida’ selecionada para a antologia ‘100 Poetas Lusófonos Contemporâneos’, da Literarte

 

Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas promoveu, em 2018,  uma antologia visando selecionar  100 poetas lusófonos  – falantes da Língua Portuguesa – contemporâneos.

O tema foi livre e cada autor teve direito a duas páginas, já contando com a biografia de 8 linhas.

 

A Literarte

A Literarte- Associação Internacional de escritores e artistas foi fundada em 10 de julho de 2010.

Fundada e idealizada pela Comendadora Izabelle Valladares, a Literarte nasceu da necessidade dos escritores e artistas apresentarem suas criações ao público alvo e de propagar sua produção ao mundo.

Diante dessa dificuldade identificada dos criadores mostrarem suas produções e após inúmeras reuniões para a criação de uma entidade que realmente fizesse a diferença, com ações reais e dinâmicas para desenvolver e propagar a cultura literária e artística de maneira eficaz, a LITERARTE nasce com a energia de seus fundadores e com a expectativa de fazer grande diferença no mundo cultural para seus associados.

A Sorocabana e colunista do Jornal Cultural ROL Adriana Negrini participou e foi escolhida para a antologia, com a poesia ‘Rio da Vida’ (abaixo).

A poetisa Adriana Negrini, recentemente, igualmente teve reconhecimento público de seu talento literário, por meio da enquete ‘Melhores do Ano 2018 em Sorocaba na Área Cultural, promovida pelo Jornal Cultural ROL, na qual venceu nas seguintes categorias: Melhor Colunista do ROL de Sorocaba, Melhor Colunista Virtual e Melhor Poetisa.

 

O Rio da Vida

O dia é como um rio

Pois, a água que por ali passou

Somente na memória ficou

Porque, por ali, não passará mais.

E a vida, ao dia é igual,

Ela é muito fugaz.

Por essa razão, ande

Olhando para a frente

E para tudo tenha visão!

Ou seja: Viva!!

Pois, a mesma é veloz

Assim como um guepardo,

Por isso, deixe as coisas ruins

Ou, as que te fazem mal, para trás

E não pense em besteiras

Senão sofrerá demais.

Se movimente em passos largos

Pois, a mesma é passageira

E em tudo, procure viver em paz

E das coisas que não te dão prazer,

Afaste-se.

Porém, tudo que for fazer,

Faça com muito carinho, amor,

Com um ar risonho, exprima-se

Para mais tarde não sentir rancor…

E assim, com as pessoas

Tenha uma bonita amizade

Que a tudo resista

E viva uma eternidade!

E se alguém ficar distante

Cause saudades…

Mas, quando escolher um amigo

Tenha isso consigo:

Procure quem não o discrimine

Quem o trate bem

E saiba lhe dar

O seu devido valor!!

Pois, assim,

Seus olhos sempre irão brilhar,

A paz, em seu coração irá habitar,

Seus medos irá combater

Pois, saberá que um verdadeiro amigo

Sempre irá ter contigo!

E quando se deitar,

Sonhos lindos terá

E o rio continuará!

Então, não deixe a água apenas correr…

Ao acordar

Nesse dia que se principia

Saiba VIVER!!

 

Tags: