Adriana Negrini: ‘Saudade do meu pai’

07/10/2019 08:04

Adriana Negrini

Saudade do meu pai

Hoje o dia amanheceu num silêncio…
Seria o dia que eu lhe daria
Parabéns!!!
O quintal está vazio,
Não escuto você assobiando
E nem, juntos, lendo o jornal!!
Nisso, o silêncio me faz companhia…. Meu pensamento me “tortura”…
E numa saudade me leva…
A gaiola dos pássaros
Não está a limpar,
Os lindos “discos”
Que juntos ouvíamos
Não estou a escutar,
Muita saudade…
Venho a pensar
Que distante, eu estou
E sua presença, eu sinto,
E viajo… …
Pois,
Desde a hora que você acordava…
O café fazia,
Ao barbeiro ia,
E sempre me levava
Para juntos ficarmos
E na praça eu vir a brincar.
No clube me levava
Para o final-de-semana
Juntos, passarmos,
Ou na casa, do meu querido avô,
O baralho ia jogar…
Gostava de desenhos,
comigo assistir,
Pois, mantinha viva, a criança que existia.
Que aperto, que saudade, que calafrio… Hoje amanheceu com Sol,
E o seu lugar está vazio…
Mas, o piano não deixarei de tocar,
Pois, era o que mais gostava,
(Isso passou para mim)
E hoje todas que eu tocar
Meu coração mais forte irá bater,
E com certeza,
Meu olhos ficarão a lacrimejar,
E, tocando, o som para longe irá
E você encontrará!!!
E, assim escutará,
Sua filha “lhe dizer” com muito carinho:
Feliz Aniversário meu querido pai!!!!
Muita saudade eu sinto!
Mas, no meu coração,
Sempre irá morar!!!!
*PS:  o aniversário dele seria dia 05 de outubro!!
Adriana Negrini
drinegrini7@gmail.com
Tags: