Fabio Ávila: ‘A Latam e o descaso para com os seus passageiros’

15/05/2019 12:06

Fabio Ávila

LATAM e o descaso para com os seus passageiros

 

Estávamos todos sem saber o que ocorria naquele momento.

No Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz, centenas de pessoas apinhadas, ainda que bem humoradas, comentavam que todos os voos aéreos estavam cancelados e que não haveria previsão de decolagem para nenhum dos destinos dos passageiros, seja para as localidades brasileiras ou as internacionais.

Lembrei-me então que, por causa da idade ‘avançada’, eu teria privilegio como ‘prioritário’ mas, mesmo assim                                                      permaneci ao longo da fila à espera de alguma manifestação por parte de funcionário da LATAM, que deveria narrar-nos sobre as razões que levaram ao cancelamento total de todos os voos aéreos.

À tarde, é bem verdade, os ventos fortes pareciam raivosos e balançavam rudemente as palmeiras finas e esbeltas ao longo do trecho retilíneo da Avenida Beira Mar.

Após várias e inúteis tentativas de obter uma explicação plausível por parte de funcionário da empresa LATAM, e não obtendo nenhuma resposta ou satisfação, bradei em alto tom de voz: ”boa noite a todos, peço um momento de silêncio e de atenção. queremos que um funcionário ou representante da companhia área venha nos explicar o que esta ocorrendo”.

” Desejamos apenas uma satisfação!”.

Alguns dos presentes me aplaudiram, porém nenhum profissional da digna empresa se predispôs a dialogar conosco. Desta forma, tratam-nos como importunos usuários e meros passageiros, clientes que estavam incomodando ao solicitar uma explanação sobre aquele inusitado momento que estávamos vivendo reunidos no saguão de um aeroporto.

Soube, bem depois, que embarcaria no próximo dia, às 13h, e que ventos de 80 a 100 quilômetros por hora não permitiam a decolagem das aeronaves que estavam pousadas no Aeroporto da Capital Catarinense.

Ao adentrar o confortável quarto do hotel, disponibilizado pela empresa aérea aos passageiros, percorri em minha memória o trajeto que levou-me a apreciar as belas edificações de outrora ainda existentes no antigo e parcialmente preservado bairro da cidade.

Uma pergunta veio-me à mente: porque esta cidade homenageia Floriano Peixoto, nosso ex Presidente da República?

 

Tags: