José Coutinho de Oliveira – Epistemologia

08/01/2018 23:38

José Coutinho de Oliveira – Epistemologia

Ramo da filosofia que tb é conhecida por gnosiologia ou teoria do conhecimento. Quem tvz por primeiro usou essa palavra foram os eleatas, de Eleia, Itália meridional, fundada por Xenófanes de Cólofon que muito fez famosos Parmênides e Zenon, o de Eleia, naturalmente. De Cólofon (atual Turquia) ele teve que fugir fustigado pelos persas. Xenófanes tvz foi o 1o. a colecionar fósseis e a dizer que o arché, o princípio originador era a terra.Pois bem, parece que foram os eleatas os primeiros a distinguir a episteme (ciência) da doxa (opinião) sendo precursores portanto de Platão que dizia, certamente, que não podemos nos enganar com a doxa, que ele comparou com uma caverna onde reina sombras. A episteme portanto é o mundo dos significados, ou seja, só obtemos sucesso qdo sabemos o significado das palavras que usamos. Novas ideias portanto precisam de novas palavras, chamadas então de neologismos, não obteníveis facilmente se não recorrermos ao grego e ao latim. Desta forma estamos desconfiados que todo sistema completo confundir-se-ia com : nomenclatura ou terminologia. Todo sistema tem o seu próprio significado para cd palavra. Dessa diferença surgem então a necessidade de dicionários técnicos e, nos livros didáticos, de glossário. Acreditamos pois que a palavra surge depois de ter surgido a ideia. Palavras, pois, sem significado, pouco valor têm. Nós, do liberalismo teocrático defendemos a ordenação ao presbiterato pela via prática evolutiva por crermos no “inatismo do livre arbítrio”, ou seja, de que a capacidade de nos auto determinarmos é o mais anterior dos anteriores requisitos. O cristão, após a 1a. comunhão, a crisma e após 8 anos de idade, optante do celibato, pode, depois, tb de 10 anos de prática, ser ordenado presbítero sem ter passado pelos bancos dos cursos de filosofia ou teologia, processo que tvz se pareça com a proposta de Dewey que defendia o aprendizado através da experiência (empirismo), ou seja, pelo ” learning by doing”, aprender  fazendo ou com as mãos. O cristão após 10 anos de experiência, após os 18 anos de idade e com o ensino médio concluído pode, a partir de então, ser ordenado presbítero e passar a partir dali a ser aspirante a bispo e a papa, como parece, ter sido, o caso do papa Bento IX, coroado papa (pp) aos 18 anos.

José Coutinho de Oliveira
Tags: